Flutuação

Flutuação física é um processo que permite a remoção de uma maior quantidade de matéria não dissolvida das águas residuais. A flutuação é aplicada onde qualquer outro método de filtração e sedimentação não pode ser utilizado. O espessar de sujidade excessiva nas fábricas de tratamento de águas residuais municipais, purificação de águas residuais industriais, etc., representam exemplos típicos desta situação. O processo utiliza a capacidade de pequenas bolhar trazerem as impurezas par a superfície, o que resulta na formação de uma espuma espessa. A espuma é continuamente recolhida e descarregada. Para garantir uma maior eficiência, a precipitação química é normalmente aplicada antes da própria flutuação. Remoção de matéria não dissolvida com uma densidade próxima da densidade da água.

Propriedades

  • pode ser capturada até 95% de matéria não dissolvida
  • operação possível com precipitação química
  • operação totalmente automática
  • construção em aço inoxidável

FLUTUADOR

Função:

  • flutuação física ou físico-química
  • formação de sujidade espessa
  • captação de matéria não dissolvida com uma densidade próxima da densidade da água

Vantagens:

  • elevada economia da operação
  • forma hidráulica ideal do depósito de flutuação
  • enorme densidade da sujidade removida
  • baixos custos de investimento
  • elevada confiança e durabilidade de serviço longa

Variabilidade:

  • vários tamanhos disponíveis, dependendo dos requisitos e caraterísticas das águas residuais
  • otimização de acordo com o material removido
  • personalização de acordo com condições específicas